• Post author:
  • Post category:Saúde
  • Reading time:8 mins read

Apesar de muitas pessoas não saberem ou ignorarem esse fato, cuidar dos dentes não é apenas algo complementar para a saúde, é uma prática fundamental para manter a bela aparência do sorriso, bem como para prevenir a cavidade de doenças bucais e complicações que podem ocorrer no organismo.

Afinal, cuidar dos dentes é uma forma de precaver o organismo, protegendo-o de diversos problemas que podem ocorrer devido ao acúmulo de bactérias, por exemplo.

Isso porque o acúmulo de bactérias na região da boca pode fazer com que elas se proliferem, podendo chegar até outras como o sistema cardiovascular e o pulmão. 

Conheça também:

Além disso, a autoestima e autoconfiança também podem ser ampliadas/favorecidas quando o sorriso é bem cuidado, reduzindo situações mais incômodas ou mesmo de vergonha ao falar com uma pessoa, por exemplo.

Reduzir as situações constrangedoras com um sorriso bem cuidado é muito benéfico em diferentes contextos, impactando de forma significativa no trabalho, faculdade ou mesmo na escola. Assim, o desempenho, desenvolvimento e até as relações são favorecidas, afinal, o sorriso é um dos principais cartões de visitas.

Já na situação inversa, pessoas que possuem imperfeições nos dentes podem desenvolver quadros até de depressão ao se sentirem inseguros para ter relações interpessoais, fazendo com que a pessoa se torne retraída e mais isolada. 

Ao abordar a cavidade, ter imperfeições dentárias também pode fazer com que a pessoa se machuque com uma mordida errada, causando feridas constantes e criando espaços para contaminações, bem como pode impactar na fala e respiração mais efetivas.

Assim, de modo a contribuir com um melhor cuidado com a cavidade e até seu pleno funcionamento/posicionamento, as pessoas que possuem problemas na formação, ou no posicionamento da arcada dentária podem necessitar de tratamentos complementares, como um aparelho movel, para colocá-los na posição adequada e realizar uma higienização mais correta.

Cabe ressaltar, ainda, que ter dentes saudáveis depende muito dos hábitos pessoais de higienização e outros cuidados diários, como a forma com que se alimenta, a saúde mental e, claro, qual a frequência que ela visita o profissional.

Desse modo, aqueles que não realizam esses processos de forma adequada, ou estão com alguns hábitos desregulados, podem impactar diretamente na saúde dental, tornando a cavidade mais suscetível à problemas como:

  • Cárie;
  • Mau hálito;
  • Gengivite;
  • Periodontite;
  • Câncer bucal.

Além disso, ao não realizar os cuidados adequados ou mesmo não tratar os dentes, inclusive ao não ir ao dentista de forma regular, o agravamento dos quadros pode ocorrer.

Com isso, problemas como a cárie e a gengivite podem progredir de modo a apodrecer a dentição e atingir outros tecidos.

Nos casos de apodrecimento dental e/ou a perda da estrutura, parcial ou integral, o atendimento profissional se mostra crucial para a recuperação da cavidade e melhora da saúde, de modo geral.
Isso porque a dentição comprometida pode precisar ser retirada, bem como a área também deverá ser devidamente limpa. Após o restabelecimento do tecido, um implante dentário será colocado para recuperar a mordida e evitar a proliferação de bactérias.

Alimentação

Quando se fala de hábitos saudáveis para cuidar dos dentes, fala-se – também – de ter uma alimentação balanceada e sem açúcar. 

Isso porque a sacarose alimenta as bactérias na boca, provocando a liberação de um ácido corrosivo às estruturas dentais, fragilizando os dentes e tornando a cavidade mais propensa à manifestação de doenças bucais, como a cárie. 

Além disso, os alimentos de alto teor de pigmentação, como vinho, refrigerantes e café, também devem ser evitados, pois podem manchar ou escurecer os dentes. 

No entanto, como o amarelamento também é um processo que pode ocorrer pela ação do tempo e algumas condições do corpo, ou mesmo hábitos de higiene; para quem já possui alterações na coloração da arcada, procurar um profissional para realizar um clareamento dental pode ser interessante.

Outras sugestões para manter a higiene e qualidade da cavidade nos momentos de refeição, principalmente quando não se está em casa, é beber ou bochechar um pouco de água após comer ou beber algum alimento muito pigmentado, de modo a retirar os resíduos na cavidade.

Inclusive, em relação à água, esse produto tende a ser muito benéfico para o pleno funcionamento de todo o organismo. 

Por esse motivo, os especialistas recomendam que cerca de dois litros de água sejam ingeridos diariamente.

Essa quantidade possibilita a regulação dos tecidos, hidratação da pele e cabelo, bem como possibilita a limpeza dos resíduos alimentares, como mencionado, principalmente ao estimular a produção salivar, que regula a mucosa e protege a dentição.

Além da água, outros alimentos indicados para manter uma boa saúde bucal são os ricos em cálcio (leite e derivados), para que os dentes tenham seu esmalte fortalecido, precavendo doenças e alterações dentárias.

Além disso, as fibras presentes em alimentos como a maçã e a cenoura também são recomendados por retirarem os resíduos alimentares e estimularem a produção de saliva. 

Higienização

A higienização é o hábito mais importante para ter dentes saudáveis, portanto, devem ser feitos corretamente todos os dias. 

Para manter os dentes e a boca devidamente higienizados, é preciso escovar os dentes ao final de cada refeição, não esquecendo de colocar pouco creme dental fluoretado para otimizar o processo e utilizar escovas de cerdas macias. 

Além da escovação, deve-se bochechar 20 ml de antiséptico por cerca de 30 segundos para controle das bactérias e higienizar a cavidade de forma mais profunda. 

O uso do fio dental todos os dias também se mostra fundamental, pois ele limpa lugares em que a escovação não alcança, como a linha entre a gengiva e o dente e os espaços entre os dentes. 

Todos esses hábitos devem ser praticados diariamente, sendo que o uso do fio dental e do antiséptico deve ser feito ao menos uma vez no decorrer do dia, com preferência ao período noturno.

Já para quem realiza algum tratamento, como o uso do aparelho dentario, por conta da estrutura física do procedimento, os cuidados com a higiene devem ser ampliados, o que deixa suscetível aos resíduos alimentares se prenderem na dentição. 

Ir ao dentista

Apesar de não ser, diretamente, um hábito diário, é necessário ir ao dentista regularmente para avaliar a cavidade.

Para isso, o indicado é que consultas de rotina sejam realizadas a cada seis meses para que o profissional faça a avaliação da saúde bucal, faça a limpeza do tártaro e aplique o flúor nos dentes, além de verificar outros procedimentos que podem ser necessários, como a remoção de cáries ou colocação do aparelho.

Inclusive, além dos procedimentos de manutenção, tratamentos estéticos também podem ser realizados para otimizar a arcada, conforme o desejo e necessidade do paciente.

Nesses casos, para quem tem o interesse de melhorar a qualidade do sorriso, pode verificar junto ao profissional a aplicação de materiais como a lente de contato dental, procedimento que alinha os dentes e melhora a coloração da arcada dentária.

Desse modo, ao adotar bons hábitos, é possível não só manter a saúde e beleza do sorriso de forma constante, como também prevenir doenças bucais e prolongar a qualidade de procedimentos realizados.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações, dicas e conteúdos ricos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Mostre seu Sentimento
+1
126
+1
79
+1
87
+1
98
+1
49
+1
0
+1
0